Arquivo

Archive for abril \29\UTC 2008

A new way

Como disse dois posts atras, “ou talves pegar um novo bonde”…..
Bem, pois bem, estarei praticamente fazendo isso duas semanas além.
Estarei me mudando de cidade. 130 longinqüos kilometros da minha cidade natal.
Trabalhar em uma gráfica que está em crescente evolução por lá.
A cidade é pequena, mas a esperança é grande. O custo de vida é baixo, e o salário até que está altinho.
Estou muito empolgado, dessa vez acho que me arrumo na vida.
Vamos ver o que acontece nesses novos trilhos.

Anúncios

Fucking shit

Mas que merda guri.
Quando ler isso de novo vai dar rizada, aposto.
Não consegue ser esse cara sério por somente um dia?
Esquecer essas loucuras e penssar mais em agradar a ti mesmo?

Tired

Ando canssado de bancar o bonzinho. De ser o pateta da turma.
Ando canssado de me sentir culpado, ou de carregar um fardo pesado.
Estou ficando diferente, mudado, e não tenho mais saco pra gracinhas ou bla bla blas.
Estou ficando também, sozinho, sem ter alguém pra me dedicar.
É somente comigo que acontece isso? De ficar remoendo o passado e só encontrar coisas boas?
Nessas horas não vem os momentos tenssos, ou que me fizeram sair fora, abandonar tudo.
Pessoas são diferentes de cada uma. Muito diferentes. Eu tenho conseguido lidar com isso?
Se voltasse no tempo, o que faria de diferente? O que mudaria? O que diria para esta pessoa?
Provavelmente faria acontecer tudo novamente. De outra forma talvez, por que as pessoas são diferentes, lembra-te?
Provavelmente mudaria uma ou outra situação, mas tudo acabaria da mesma forma. Com um fim.
O mundo gira, e não dá pra fazer ele voltar. Nem parar. O negócio é pegar o bonde. E ver onde vai levar. Ver que tipos de pessoas estarão ao seu lado. Ou o humor do maldito maquinista que insiste em puxar o freio violentamente, fazendo dar trancos nessa vida maldita.
Estou lendo muito. Coisas muito úteis, que tem formado um novo caráter.
Só falta agora esquecer de vez o passado. E talvez pegar um novo bonde.

Call….of a ?stranger?

Ontem, fazendo as negociações pra trocar a moto num carro, recebi uma ligação.
Não continha nos meus contatos. Atendi, como sempre, e uma voz feminina pediu se eu tava bem, se não tinha acontecido nada comigo.
Estranhei. Estou passando uma fase foda, mas isso é problema MEU. Ninguém, além dos meus amigos mais chegados sabe das dificuldades e das confusões, e justamente essa pessoa queria saber se eu tava bem?
Falou que eu estava por aí, cabisbaixo. Mas quem diabos é você pra falar de mim?
Falou um monte de merdas a meu respeito, tentando me denegrir entre os amigos, voltou a amizade com um retardado, mala sem alça do caralho, me falaram que até ficou com ele, e vem pedir se EU estou bem?
Minha cara, estou legal. E se você sumisse, ficaria mais legal ainda.
Eu poderia devolver na mesma moeda, ou até pior (leia-se algumas fotinhas mais, digamos, interessantes que tenho), mas não, deixa baixo.
Quanto mais se cutuca na merda, mais fede.

BadBed Cat

É cada balaio de gato que me meto que acho que ninguém acredita.
Até hoje sou sacaneado devido a um incidente onde 2 peguinhas se encontraram.
Foi na época da copa, chamei uma das loiras pra ir ver o jogo com a gente. Levou amigas e tudo mais, e enquanto esperávamos elas, a outra loira apareceu.
Bem na hora. As duas juntas. Não sabendo o que fazer, não fiquei com nenhuma.
Pois bem, fomos pro jogo todo mundo junto. Converssa aqui, converssa ali, uma começou a sacar a outra. E pra quem sobrou? Ééééé, pro cara que sempre se fode nessa merda.
Fim de jogo, as duas de cara comigo, saimos fora.
Tendo certeza de que a segunda não cairia de para-quedas novamente, liguei pra primeira para darmos uma volta, beber uma caipira, dar umas rizadas.
Mas na metade do caminho, eis que me ligam dizendo que a segunda estava lá, de pezinho, esperando por mim.
E o que aconteceu? Ééééé, o cara se fodeu de novo.
Entre brigas, discuções, blá blá blá de sempre, a primeira foi embora, enquanto a segunda me dava de dedo na cara.
E isso que ela não era nada jovenzinha pra cair nesses papinhos.

Crazy? I´m really crazy?

Ou o mundo está se acabando?
Olhem esse vídeo.

Quando jogo minhas teorias aqui até acho que sou um pouco dramático, mas agora estou tendo certeza de que estou certo.

Womans, womans…..

Se mulher viesse com manual, aposto que estaria em chinês.
E tenho dito.